Os Quatro Vinhos B√°sicos para Sempre Ter em sua Adega ūüć∑

E hoje uma das nossas fundadoras @daianateixeiramaia descreveu os quatro Vinhos B√°sicos para voc√™ montar a sua adega e t√™-los em casa para ocasi√Ķes diferentes. E n√£o tem problema nenhum n√£o ter uma adega climatizada em casa. √Č s√≥ ter um cantinho escuro e mant√™-los sempre deitados.

1 – Tenha um Chardonnay (um vinho branco), pois ele salva em muitas harmoniza√ß√Ķes por ser uma uva bastante vers√°til que harmoniza em dias quentes e tamb√©m para come√ßar antes de iniciar com o vinho tinto. Ent√£o pode ser um Chardonnay, um Sauvignon Blanc (para quem prefere as uvas mais levinhas), ou um Riesling (que do ponto de vista de harmoniza√ß√£o tamb√©m √© muito legal). Ent√£o, tenha sempre um branco ‚Äúcuringa‚ÄĚ em sua adega.

2 – Agora passando para os vinhos tintos, s√£o tr√™s que s√£o imprescind√≠veis para voc√™ ter na sua adega. O primeiro deles seria um tinto leve que vai fazer mais ou menos as vezes do vinho branco, quando voc√™ n√£o tiver. Porque o vinho tinto leve, o Carm√©n√®re sem barrica, por exemplo, tem pouco tanino e ele tem uma estrutura mais leve de paladar. Ent√£o ele tamb√©m vai harmonizar bem com dias mais quentes, com ocasi√Ķes mais descompromissadas, as vezes uma mesa de antepastos ou petiscos, um tinto mais leve vai harmonizar melhor que um tinto encorpado. E ele tamb√©m vai ser mais vers√°til do ponto de vista da harmoniza√ß√£o do que um vinho tinto encorpado que vai pedir um prato extremamente robusto. Al√©m da uva Carm√©n√®re, pode ser tamb√©m uma uva Dolcetto, Pinot Noir, que s√£o uvas tintas que fazem vinhos mais leves na grande maioria das vezes.

3 – E agora, antes de chegar no vinho encorpado, vamos para o meio do caminho, para o terceiro vinho escolha um vinho vers√°til, ou seja, o vinho tinto de m√©dio corpo que fica entre o vinho tinto leve e o encorpado. E a√≠ temos algumas castas que s√£o famosas por fazerem vinhos mais vers√°teis, como a Merlot que geralmente apresenta m√©dia estrutura, ou seja, m√©dio corpo e taninos bastante aveludados com mais pot√™ncia que um tinto leve, por√©m com menos pot√™ncia que um vinho bem encorpado. S√£o os famosos vinhos curinga, quando citei a Merlot aqui, essa uva talvez seja a mais curinga da natureza porque o en√≥logo pode fazer desde um vinho leve at√© um encorpado, quanto um vinho de m√©dio corpo com ela. Ent√£o a Merlot √© uma boa uva  para voc√™ ter como vinho tinto curinga, a Pinotage (que √© uma uva que vai por esse mesmo caminho), a Sangiovese tamb√©m vai para esse mesmo caminho e a Tempranillo tamb√©m. Ent√£o s√£o v√°rias uvas tintas que s√£o curingas para o vinho de m√©dio corpo para ter na sua adega. A Sangiovese, comparada a essas outras que citei, vai ser a mais r√ļstica de todas as outras. Ent√£o, enquanto a Merlot, a Tempranillo e a Pinotage v√£o fazer vinhos com aromas mais puxados para a fruta, a Sangiovese vai puxar mais para a rusticidade, tipo notas de couro, de tabaco, de defuma√ß√£o, de fazenda. Ent√£o ter√° que pensar em alimentos que tenham tamb√©m essa tipicidade mais r√ļstica, como por exemplo, um macarr√£o com funghi secchi que tem esses aromas mais terrosos que s√£o mais r√ļsticos que v√£o combinar com o vinho feito com a uva Sangiovese.

4 РE o quarto vinho para se ter na adega de casa é o vinho tinto encorpado que pode ser um Malbec barricado, um Cabernet Sauvignon com barrica, um Primitivo (ficando atento para a escala de doçura da uva Primitivo que não é com tudo que ela cai bem). Então essas são uvas que fazem vinhos mais robustos para um dia de churrasco ou uma carne bem suculenta, aí sim um vinho tinto mais encorpado vai ser o campeão na hora da harmonização e também não precisa ser só carne, pode ser uma macarronada também, com bastante queijo e com um molho mais intenso de sabor e então o vinho tinto mais encorpado vai ser o mais indicado para acompanhar. Lembrando que o vinho tinto mais encorpado é o menos versátil de todos no quesito harmonização. Ele é para ser usado nesse tipo de ocasião, numa noite fria ou num dia que você vai fazer um banquete pesado.

Espero ter ajudado quem estava com dificuldade de montar a sua adega pessoal. E até o nosso próximo episódio no nosso #momentovemvinho.

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?